5 dicas de iluminação para a área externa que você precisa conhecer!

  • Home
  • Dicas
  • 5 dicas de iluminação para a área externa que você precisa conhecer!

Há uma frase que diz que não há nada mais precioso do que a luz, e ela não poderia estar mais correta. É sabido que os efeitos biológicos decorrentes da exposição à luz são muitos e vão desde a percepção do tempo e espaço até a liberação de hormônios como melatonina e cortisol.

No entanto, algumas pessoas ignoram que essa luz pode ser tanto proveniente de focos naturais, como o sol, como também de focos artificiais, como as nossas lâmpadas e luminárias.

Com isso, essas pessoas acabam não dando a devida importância no projeto luminotécnico de suas residências — ou, se dão, investem apenas na iluminação interna, esquecendo-se de que o exterior da casa muitas vezes serve como um cartão de visitas para quem chega.

Ficou curioso para saber mais sobre iluminação para a área externa? Então confira abaixo nossas 5 dicas e ilumine corretamente seu quintal, jardim ou varanda!

1. Escolha as lâmpadas corretas

Selecionar as lâmpadas mais adequadas para a sua área externa terá, sem dúvidas, um grande impacto no efeito final do seu projeto, além de influenciar na conta da energia elétrica. Há uma variedade de tipos de lâmpadas, sendo algumas delas:

  • halógenas: indicadas para destacar um objeto ou uma área específica;
  • fluorescentes: servem para a iluminação geral, recomendadas quando o ambiente precisa de iluminação contínua por mais de 1 hora.
  • LEDs (Light Emitting Diode): mais apropriadas para as áreas externas de residências, pois, além de gastarem menos energia, têm uma vida útil mais longa e são de baixa temperatura, impedindo que as plantas de um jardim, por exemplo, sejam danificadas pelo calor.

2. Invista em fontes de luz na vegetação

Por falar em plantas, existem poucas coisas mais bonitas do que a imagem de uma bela iluminação em árvores, arbustos e flores, não é mesmo? O efeito é deslumbrante e pode mudar completamente o aspecto do local. Para não errar na hora de iluminar a vegetação, é bom seguir alguns princípios básicos, como:

  • apostar em luzes embutidas em elementos verticais, como árvores e arbustos mais altos;
  • evitar o uso de refletores coloridos — principalmente os verdes —, dando preferências às cores brancas ou neutras;
  • investir em luminárias baixas, chamadas de iluminação de balizamento;
  • instalar postes e refletores “escondidos” entre a vegetação, pois dará o famoso efeito “selva” ou “backlight”.

3. Ilumine a fachada

O lar costuma ser um porto seguro e o lugar onde as pessoas encontram refúgio. É por isso que ser recepcionado pela luz correta na hora de chegar em casa é tão importante para obter essa sensação de segurança e tranquilidade.

Assim, o ideal é utilizar luzes quentes e indiretas nas laterais da construção e, na porta principal, investir em uma iluminação mais focada. Isso melhorará a visibilidade tanto de fora para dentro quanto de dentro para fora da casa.

4. Dê luz à piscina

Uma piscina iluminada dá um grande efeito visual no ambiente, além de trazer mais segurança para quem for adepto de mergulhos noturnos.

A iluminação conhecida como Fibra Ótica Pontual é uma das mais famosas e seguras do mundo subaquático, uma vez que leva a luz por toda a extensão da piscina, indo de uma ponta a outra. 

Existe também a Fibra Ótica Perimetral, que tem um papel mais decorativo e destaca toda a borda da piscina, criando um efeito maravilhoso — especialmente se a piscina tiver contornos irregulares.

5. Não se esqueça das varandas e terraços

Apesar de serem menores, as sacadas e terraços também contam como áreas externas e precisam de uma boa iluminação.

Para esses ambientes, aconselha-se investir em arandelas, pois proporcionam um melhor direcionamento do feixe de luz, evidenciando elementos de decoração.

E aí, gostou das dicas de iluminação para a área externa? Então nos siga nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades e assuntos! Estamos no Facebook, Twitter e Instagram.

Deixe um comentário
Share This