5 principais materiais utilizados para toldos e coberturas

Sabe aquele espaço, em seu terreno, que acaba ficando sem uso por não ser coberto? Então, já pensou em tornar aquele cantinho ainda mais especial usando um toldo ou uma cobertura retrátil? Certamente, essa seria uma ótima opção para sua residência, na medida em que, além de darem um charme especial à sua casa, esses elementos protegem seus pertences contra a chuva e o sol.

Pensando nisso, no post de hoje, trazemos algumas informações essenciais para ajudar você a conhecer um pouco mais sobre os materiais utilizados para toldos e escolher qual a melhor opção para a sua realidade. Continue a leitura e confira!

Para que servem os toldos?

Usualmente colocados em portas, janelas ou, até mesmo, como expansão da edificação, os toldos permitem o controle de luminosidade do ambiente e protegem contra as intempéries. São caracterizados por serem flexíveis e versáteis, podendo ser removidos e instalados em outro local conforme a necessidade. Quanto ao material, pode ser escolhido em função do tempo que ficará exposto, da estética pretendida e também das condições climáticas a suportar.

Quais os principais materiais utilizados para toldos?

1. Tecido acrílico

Esse material protege contra os raios ultravioletas e é bem resistente aos desgastes gerados pelo tempo. Mesmo permitindo a passagem de luz, o tecido não conserva o calor. Outras características relevantes são a fácil manutenção e a limpeza sem complicações.

É leve, bonito e disponível em várias opções de cores. No entanto, ele não é impermeável, logo, cuidado ao armazenar algo sob essa cobertura em dias chuvosos.

2. Lona PVC

É uma das opções mais comuns quando falamos em coberturas de garagens, por exemplo. Resiste muito bem a ventos e chuvas moderados. Disponível em várias cores, é impermeável e tem bom custo-benefício. Contudo, não é tão indicada para áreas de permanência, pois absorve calor.

3. Policarbonato

Material oriundo do carbono, o composto de resina plástica é resistente a impactos, pode ser translúcido ou transparente e com acabamento muito similar ao vidro.

Além disso, suporta ventos e chuvas intensos. Proporciona iluminação, bloqueio de raios ultravioletas e é impermeável, porém conserva calor. Associa leveza, maleabilidade e resistência. Por ser flexível, possibilita o uso até em coberturas arqueadas.

Apenas se atente para o fato de ser importante cuidar do entorno da cobertura, na medida em que algumas plantas podem ocasionar manchas no policarbonato.

4. Polipropileno

Com características similares ao policarbonato, o polipropileno ou PET reciclado tem pegada sustentável, impede a ação de fungos na cobertura e garante fácil limpeza e manutenção. O material apresenta boa resistência, não desprende fibras, tem bom suporte às condições climáticas, é resistente aos raios solares, leve e flexível.

5. Tecido Thermoscreen

Essa alternativa é superindicada para regiões com intensa insolação, como bordas de piscina. É um tecido com microfuros que protege sem impedir a ventilação. Por ser leve e maleável, também é muito utilizado em coberturas retráteis.

Só não se esqueça que, por apresentar os microfuros, o material é permeável, sendo assim, os cuidados referentes ao tecido acrílico também são válidos nesse caso.

Como vimos, no mercado, existem várias opções de toldos disponíveis, que serão escolhidas em função da necessidade de cada consumidor. Você já conhecia todas as alternativas disponíveis? Avalie cada uma delas e veja qual melhor atende às suas expectativas. Agora que você já conheceu os materiais utilizados para toldos, ficou fácil optar pelo mais adequado ao seu lar, não é mesmo?

Para tornar sua casa ainda mais agradável, assine nossa newsletter e receba dicas e novidades exclusivas diretamente no seu e-mail!

 

Deixe um comentário